Home. Inbox. Face
Ask.fm. s2. ;3
theme+dtl

É tudo falta de sexo.


Esquece. Não vou atrás de ninguém. Não mais. Ontem eu quis desesperadamente a sua companhia lá naquele banco da praça, quis ficar ali com você a noite toda se pudesse. E quando fui embora pensei em te ligar, dizer pra voltar amanhã, vir me fazer sorrir. Mas não. Hoje eu acordei e pensei que seria melhor não, eu não quero me apegar em ninguém, não quero precisar de ninguém. Quero seguir livre, entende? Mesmo que isso me faça falta, alguém pra me prender um pouquinho. Vou me esquivar de todo sentimento bom que eu venha a sentir, não levar nada a sério mesmo. Ficar perto, abraçar de vez em quando, sentir saudade, gostar um pouquinho. Mas amar não, amar nunca, amar não serve pra mim. Prefiro assim.
Caio Fernando Abreu (via querido—john)

E machuca querer tanto alguma coisa que você não pode ter.
Johnny Depp   (via auroriar)

Se tudo passa, talvez você passe por aqui.
Engenheiros do Hawaii.   (via suavizou)

Olhei o rosto dela e pensei, merda, eu a amo.
Bukowski.    (via alma-florid4)

Mas quero te contar umas coisas. Mesmo que a gente não se veja mais. Penso em você, penso em você com força e carinho.
Caio Fernando de Abreu (via enoitecer)

- Você anda meio triste, o que aconteceu?
- Às vezes a gente fica triste pelo que não aconteceu.
Sean Wilhelm.    (via auroriar)

Daí você passa um dia rindo com seus amigos, se divertindo e distraído o tempo todo. E então você pensa que esqueceu e que finalmente se libertou. Mas quando chega o fim da noite, você percebe que o sentimento todo continua ali, e que qualquer sinal de esquecimento foi passageiro.
João Pedro Bueno.  (via autorias)

Eu te esperei a vida inteira, entende? Quando eu te escondo o jogo, quando eu te trato mal… É tudo medo. É tudo medo do amor.
Cazuza     (via romeuemcrise)

Toda vez que toca o telefone eu penso que é você. Toda noite de insônia eu penso em te escrever, pra dizer que o teu silêncio me agride e não me agrada ser um calendário do ano passado. Pra dizer que teu crime me cansa e não compensa entrar na dança depois que a música parou, a música parou. Toda vez que toca o telefone eu penso que é você. Toda noite de insônia eu penso em te escrever, escrever uma carta definitiva que não dê alternativa pra quem lê. Te chamar de carta fora do baralho, descartar, embaralhar você… E fazer você voltar ao tempo em que nada nos dividia, havia motivo pra tudo e tudo era motivo pra mais. Era perfeita simetria, éramos duas metades iguais. O teu maior defeito talvez seja a perfeição, tuas virtudes talvez não tenham solução, então pegue o telefone ou um avião, Deixe de lado os compromissos marcados, perdoa o que puder ser perdoado, esquece o que não tiver perdão e vamos voltar àquele lugar, vamos voltar.
Engenheiros do Hawaii. (via desalentou)